Tecnologia

Dolce&Gabbana entra no mercado imobiliário e constrói arranha-céu em Miami

Com 90 andares, prédio será um dos mais altos da cidade e terá apartamentos e um hotel 5 estrelas

Em Miami — cidade onde a maior parte do horizonte reluz em prata ou reflete o azul do céu e do oceano pelos vidros — uma novidade do mundo da moda será equipada em preto e marfim, e coberta com uma elaborada coroa de ouro.

Tal como a estrutura de um espartilho luxuoso, vigas de aço preto fosco formarão a estrutura de 90 andares e 320 metros de altura.

Com a altura máxima permitida (definida para a cidade pela FAA, a autoridade federal de aviação), o arranha-céu estará entre os edifícios mais altos da cidade quando estiver pronto, em 2027.

Os outros prédios são o Waldorf Astoria Miami e The Towers, projeto da Foster+Partner.

A assinatura por trás da nova torre residencial e hotel de cinco estrelas também é familiar, mas mais pelos seus desfiles e aparições em tapetes vermelhos.

O prédio, na Brickell Aveue, 888, em Downtown Miami, marca a primeira incursão da grife Dolce&Gabbana no mercado imobiliário, expandindo sua influência, das compras à hospedagem.

Para os residentes, o envolvimento da grife de moda no cotidiano não se dará apenas na estrutura dos apartamentos (de 1 a 4 dormitórios) ou nas comodidades de luxo do edifício, mas de uma “curadoria” completa cada uma das 259 unidades, como explicou Michael Stern, CEO e fundador do programador JDS Development Group.

“Estamos vendendo apartamentos totalmente prontos para uso, já adaptados e mobiliados por nós e com acessórios que incluem até os roupões de banho e os livros na estante”, detalhou.

Desenhados pelos fundadores da Dolce&Gabbana, Domenico Dolce e Stefano Gabbana, os interiores serão apresentados em três paletas de cores: branco com mármore Bianco Striata, preto com mármore Nero Marquina e ouro com mármore Giallo Imperiale.

As residências incluem “mármores muito elaborados, acessórios de iluminação incríveis e uma paleta absolutamente luxuosa”, disse Stern. “Há muita flexibilidade para os residentes fazerem boas escolhas”.

As representações mostram detalhes luxuosos, incluindo lustres venezianos e banheiras do tipo freestanding com vistas deslumbrantes do oceano, além de materiais que complementam a fachada singular do edifício, desenhada pelo Studio Sofield.

A empresa também trabalhou em projetos atraentes, como a finíssima torre Steinway, de Nova York.

Entrada da moda
Será que a moda da Dolce&Gabbana terá apelo no cobiçado mercado imobiliário dos EUA? A grife não é a única líder do mundo do alto luxo com iniciativas do gênero na Flórida.

A Armani, por exemplo, tem uma praia privativa acessível aos residentes de seu arranha-céu, e as marcas automotivas Bentley e Porsche, ambas propriedades do Grupo Volkswagen, estão erguendo prédios ao longo da costa do estado.

Com base na estética já estabelecida e nomes de designers reconhecíveis, o número de estilistas que abriram hotéis de marca em todo o mundo também aumentou nos últimos anos, com empreendimentos da Bulgari, Versace e Roberto Cavalli.

Em abril, a Dolce&Gabbana anunciou formalmente a sua entrada no setor, com projetos residenciais e de hotelaria adicionais planejados para Marbella, na Espanha, e nas Maldivas, além do prédio em Miami.

Os novos edifícios seguem o lançamento dois anos atrás da linha de mobiliário, artigos para casa e têxteis Dolce&Gabbana Casa, que vai equipar todas as suas propriedades.

Alfonso Dolce, CEO da empresa, explicou por e-mail que o objetivo final é se tornarem “embaixadores do ‘Made in Italy’ no mundo” e expandir “o perímetro das atividades da empresa visando uma experiência completa de estilo de vida”.

Stern diz que a marca é reconhecida pelo alto padrão de hospitalidade e cuidado.

“Quando visitamos um showroom da Dolce&Gabbana e provamos um terno refinado ou uma peça de alta costura, notamos a forma como somos tratados, o serviço. É isso que tentamos espelhar na nossa experiência residencial”, contou. “Eu acho que é útil essa comparação para se ter uma referência”.

Os residentes do 888 Brickell desfrutarão da lista habitual de comodidades oferecidas em edifícios de alto padrão, incluindo restaurantes, bares, espaços de fitness e bem-estar, escritórios compartilhados e salas de reuniões.

O prédio também terá um deque de 371 metros quadrados, com piscina de 13 metros de comprimento e vista para o Oceano Atlântico, Biscayne Bay e Miami Beach.

As unidades custam a partir de US$ 3,5 milhões (cerca de R$ 17,45 milhões), com as mais caras ultrapassando US$ 35 milhões (cerca de R$ 174,5 milhões).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo